Páginas

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

12 dias fora da Clínica - Só por hoje avançando na Recuperação







Bom dia amores, dia chuvoso, frioooo pra "dédeu"! Dedos congelados para digitar, um sono mortal #querominhacamaagora ... Nem sei se vou escrever coisas com coisa, porque o sono, sério, é muito grande (rs)


Final de semana maravilhoso, muito amor, muito carinho, muitas coisas boas, muita paz, muita serenidade na face do meu amor. 


Fomos no NA sábado, e assim... foi bacana, mas não  foi muito como eu esperava, achei meio desanimado, não fizeram muita festa como a Cicie falou que fariam para o ingresso do meu amor, tinha muita gente que tinha acabado de voltar de recaídas, então o clima estava bem pesado... O amor também sentiu a mesma coisa que eu, não foi uma reunião boa, alegre, eu não sei como são as reuniões, afinal foi a primeira vez que eu fui... um dos caras que dirigia a reunião estava muito alterado, ele tinha um bom tempo limpo e disse que se ele recaísse não voltaria pra sala, bom, teve coisas que não gostamos muito, maaaas toleramos, ficamos até o final, mas isso de fato desanimou para retornarmos, quem sabe vamos procurar outro grupo, mas esse seria uma mão na roda porque é bem pertinho.


Depois fomos pra casa, oramos em família, reforçamos nossos objetivos, fizemos Daimoku (não é bruxaria gente), jantamos em família, e só love!


Domingo de manhã o amor, o pai dele (isso é milagre gente! + uma das conquistas que tenho falado) e um amigo deles, foram em uma reunião budista para homens, enquanto isso fiquei em casa com a sogra, tomamos café juntas, conversamos sobre as mudanças que aconteceram, e ela confirmou que o amor, está muito diferente no dia-a-dia, que ela observa isso nos pequenos detalhes, e no rosto dele, como eu já disse o rosto dele passa serenidade.

Lavei a louça do café, oramos o Gongyo da manhã, fizemos mais Daimoku, e nossos amores chegaram da reunião, iluminação estampada na cara!
Almoçamos em família, fomos ver TV, e o amor chorou no meu colo, chorou por que ele disse que a cena de ver todos reunidos na mesa, não acontecia por 4 anos, cada um pegava seu prato e ia pro seu canto. Choramos juntos. Agradecemos juntos. Oramos juntos.


Depois para fechar o domingão fomos pra minha casa, curtir um pouco a minha família. 
Esses dias estão sendo muito preciosos, dias de sonhar juntos, de fazer planos, de planejar, de agradecer, de ver a mudança, de ver o universo agindo em cada célula do  nosso corpo...


Ah, sobre as coisas que o amor perdeu antes de ir pra clínica ele já conseguiu recuperar muita coisa. Ele trabalha com o pai,  é vendedor dele, e conseguiu fechar 2 bons negócios semana passada. Já recuperou o celular, TV e Jaquetas. Só falta o DVD. Inclusive comprou presentes pra mim.  Ele não fica com o dinheiro direto na mão, a mãe administra por enquanto, mas dá pra ver que está bem mais sensato.


Sabe aquele ditado se melhorar estraga? Agente repete algumas coisas sem pensar direito no que está falando, certo? Esse ditado “Se melhorar, estraga”, é um exemplo típico. Eu passo a minha vez, com prazer. 


Seja por esforço, merecimento, premiação, sorte, acaso, destino...não importa : as melhorias que podem chegar a mim, quero todas! 
Não vão estragar nada, já disse, eu as quero.



Entendo que algumas coisas acontecem de um jeito tão redondinho, são tão gostosas, nos fazem um bem tão grande, que não desejamos mais nada, pra não parecermos ingratos. 

Acontece comigo, também. Mas, sinceramente, não lembro de nada, de nenhum fato da minha vida, que estragaria se melhorasse. 
E olha que fiz um esforço, e a minha memória é excelente...mas se melhorar, vai sim ficar melhor, sem dúvida alguma.

Vamos ter todos um lindo dia, só por hoje, vamos torcer para que tudo melhore sempre porque não vai estragar!!!!


"Uma pessoa que consegue brilhar nas sombras, consegue ser feliz em qualquer lugar, em qualquer circunstância."Daisaku Ikeda

Beijos Gaby

8 comentários:

  1. Aiiii Gaby não espera essa noticia sobre a reunião.. mais vai em outro grupo de N.A, é melhor. O seu amor deve estar em lugares que o façam bem, principalmente agora que está se recuperando. Ele deve ter motivação pra ir ao N.A, mais desse forma, clima pesado, etc, eu acredito que não motiva e nem ajuda.
    Procura outro grupo..
    Feliiiz demais por vocês viuu!!
    bjuss.

    ResponderExcluir
  2. Uem tinha os dedos congelando e um soninho iminente, até que vc escreveu muito bem! :}

    sobre o NA... Bom, é reflexo da vida. Não é todo dia que estamos saltitantes... Não é culpa de NA. Se eu estivesse presente faria sim uma festança danada! Cada nova vida que se dá uma oportunidade deve ser festejado com fervor!!

    Mas acredito que a quebra da primeira tradição aconteceu. O recém chegado é sempre a pessoa mais importante... Não desanime, é assim mesmo. Há dias e dias.

    Quanto a bens materiais, me parece que foram poucas perdas. Ainda bem que o amorzao se deu conta do problema de forma aguda e não deixou que se tornasse crônico. Começo até a suspeitar que ele não é adicto. Apenas um usuário recreativo que passou um pouco da conta. Tipo o beberrao que numa ocasião especial pediu ao dono do bar que pusesse algumas doses na conta.
    Deus queira que eu esteja certo, né?
    Ser adicto é tão chato as vezes. Temos que engolir cada coisa.. Passar por outras... Carregar o estigma da adicçao pro resto da vida. Ai ai...

    Ainda assim, tamo junto!!
    Funciona sim! Sou testemunha! Rara
    ótimo dia.

    ResponderExcluir
  3. Uii ta muito frio msm, hj nem fui trabalhar demanhã rsss..peguei uma folguinha q eu tinha hehe...Estava louca para ver os blogs de minha amigas virtuais...Estou muito feliz pelas suas conquistas e de seu amor...E só por hoje vamos ser feliz o//...
    Beeijãoo

    ResponderExcluir
  4. Concordo com o SPH.
    Talvez alguma tradição tenha sido quebrada, como o SPH disse o recem chegado e os visitantes são sempre muito importantes numa reunião.
    Em relação ao que ele falou sobre seu namorado não ser adicto, ser apenas alguem que perdeu a linha, tb concordo com essa possibilidade, meu ex marido acredita q ele mesmo seja alguem que teve um problema com drogas, e não um adicto, no entanto peço cuidado a vcs... meu marido decidiu isso com mais de 2 anos limpo e quase 3 anos de irmandade, esta afastado da irmandade a quase 8 meses, e tem seguido recuperando a vida, diz que nem pensa mais em usar drogas, e que não sente falta nenhuma, no entanto já vi inumeros companheiros caírem nesse auto engano... então cuidado... nossa mente tem o poder de nos enganar facilmente.
    Gaby... no grupo que vc foi "não teve festa" e eu daqui fiz "festa" e vc não tava, rsrsrs
    Diz pro "amor" que daqui eu bati palma e gritei: "SEJA BEM VINDO COMPANHEIRO!!!!! CONTINUA VOLTANDO QUE FUNCIONA!!" Mas acho que eu tava sentada um pouco longe de vcs.... por isso que vcs não ouviram! kkkkkk

    ResponderExcluir
  5. http://www.na.org.br/souad.htm

    Tire a prova dos 9
    beijao

    ResponderExcluir
  6. P.
    Vamos tentar ir mais uma vez nesse, visto que poderia ter sido um mal dia, mas se continuar assim, vamos buscar outro sim ;)
    Bjs amiga!
    ____________________
    SPH,
    Sim, não temos que estar sempre alegres e saltitantes né...então não posso cobrar que um grupo esteja sempre 100%
    Quanto a ele ser adicto...acho q é sim, bom seria se não fosse, mas vou fazer o teste que vc me passou com ele, obrigada pela ajuda!
    Sabes q volta em dobro néam?
    Beijitos
    ____________________
    Jé,
    Friooo demais menina, nem sinto meus dedos dos pés kkkk
    Obrigada pelo apoio!
    Adoro vc , beijos!!!;*
    ___________________
    Cicie,
    Gataaa da próxima vez senta mais perto por favor :)
    Quero ouvir suas palmas e gritos hehe
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Gabyzinha, já fui em muitas reuniões de NA e AA(abertas), de vários grupos diferentes. Cada uma é cada uma. Algumas são pesadas mesmo. Outras, divertidas. Por isso eles dizem: "continue voltando, a solução para o seu problema poderá estar na próxima reunião." Quando meu marido estava em recuperação, ele intercalava entre NA e AA, embora seu problema seja com drogas e não alcool, e as reuniões do AA eram espirituais e maravilhosas demais, por ter muita gente limpa há mais de 10, 15, 20 anos. Fazia muito bem pra ele. Mas, por outro lado, no NA, ao ouvir aquele que recaiu no dia anterior também era possível aprendizado. O grupo serve como um dos apoios, e um forte apoio, eu diria. Tomara que o seu amor, e que o meu amor, encontrem um lugar onde se sintam realmente a vontade, e seja um lugar de renovação de suas forças para prosseguirem...
    Beijos, linda!
    Feliz demais com os passos de vocês dois!

    ResponderExcluir
  8. Poly,
    Tudo é aprendizado, aprendemos algumas lições com essa nossa ida frustrada ao NA hehe
    Beijinhos e força ai minha linda!
    Força pro nosso bebezinho :*

    ResponderExcluir