Páginas

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

To bem!!


Oi gente! Como vão amores? Eu to bem, e hoje eu to bem por dentro e por fora também!
Como é gostoso deixar de carregar uma pessoa nas costas e levá-la no coração apenas. Como tudo fica mais leve. Como você consegue se enxergar melhor. Lembrar que você é uma pessoa com encantos, que merece SER FELIZ!
To tendo mais tempo pra mim, lembrando que eu sou uma garota bonita, com muitas qualidades, que eu não entendo o porque, mas enquanto estava com meu "amor", esquecia-me frequentemente disso, não deixava de me arrumar e me cuidar, mas minha auto estima ficava um pouco abalada. To resgatando isso. E to muito feliz. Não posso deixar de dar as devidas honras ao poder do meu Daimoku, porque graças a ele, consigo me manter de pé e serena. É mágico. A força fora do normal que te dá, a sensação de calma garota, vai dar tudo certo, confia. A felicidade que brota do seu coração do nada e sem nada.
To feliz gente, de verdade, amo meu amor de uma forma única. Mas aprendi que amar, não é permanecer agarrada a alguma coisa, amar é soltar, é querer bem, é orar, respeitar suas escolhas, por piores que possam parecer.
E sei que ele me ama da mesma forma, porque está me respeitando, respeitando também as minhas escolhas. Torcendo por mim. Querendo bem. Dá mesma forma que eu torço e quero bem ele.
Eu o amo e eu o espero, espero o amadurecimento dele. Não por mim, mas por ele. Não espero sentada, vendo a vida passar, ou agarrada nele forçando a mudança, espero com o coração leve e com abertura, abertura pra tudo de bom que a vida pode me oferecer.
Porque eu me amo, e não posso deixar a MINHA vida passar, esperando que a vida DELE tome uma direção. Compreendi isso muito claramente, o que é minha vida e o que é vida dele. Muito injusto colocar a minha felicidade nele, nas escolhas dele.  Temos que ser feliz independente de qualquer coisa, se não alguma coisa está errada.
Tava lembrando do nosso diálogo de terça feira e em determinado momento eu disse: "Mas amor, você não pensou em mim?" e ele me disse: "Eu não penso nem em mim, como vou pensar em você?", doeu ouvir isso, mas é a verdade, eles não tem capacidade de pensar, se preocupar, ou cuidar de ninguém, enquanto não fizerem isso por eles.
Eu entendi e depois ele me explicou, isso não significa que ele não me ama, porque disso eu não duvido nem  um segundo, simplesmente, a doença é maior do que qualquer sentimento que ele possa ter no momento.
Eu vejo muitas mulheres de adictos reclamando que queriam que seus amores fossem como os outros homens, ditos normais. Eu também me peguei muitas vezes desejando isso. Mas parei de querer algo que ele ainda não quer, é muito pesado colocar as minhas expectativas nele. Por mais que o meu sonho seja me casar e construir uma família com meu amor. Será que é o sonho dele? Será que ele pode me dar isso?
Amar é respeitar. Aprendi isso. E acho que amo de forma plena, é tão gostoso amar assim.
"Quem foi que disse que para estar junto, é preciso estar perto?" Entendi isso tão claramente. Pois estive muitas vezes tão junto e tão longe. Longe dele. Longe de mim. Longe de nós. E hoje longe dele, me sinto tão mais perto, tao perto dele, tão perto de mim, tão perto de nós.
Só para constar, ontem a mãe dele me ligou, ela disse que ele está bem, e que está desde terça-feira em casa, não saiu, mas não conversa com ninguém.
Eu to lá, em oração, tão junto e vibrando por cada dia limpo. Eu não desisti dele. Pelo contrário, acredito mais ainda.
Não sei se consigo expressar direito o que está acontecendo comigo, mas é incrível.
Soltando, amando, querendo bem...
As vezes precisamos passar por certas experiencias, para aprender e evoluir cada vez mais, crescemos muito no sofrimento.

Ficou totalmente confuso o texto, mas é muita informação, muita coisa acontecendo dentro dessa minha cabecinha....rsrsrs

Um beijo e maravilhoso dia a todos!!!

10 comentários:

  1. Gabyzinha, que texto... Vi sua alma nele sabia? Me identifiquei demais com ele, pq quando decidi voltar a viver, eu tb ainda amava meu ex dependente, e foi a escolha mais difícil que tive que fazer, sei bem do que está falando e sentindo viu e te digo que tudo vai dar certo!!!
    Beijosss

    ResponderExcluir
  2. Giu,
    É ruim, mas é bom né...? rsrs é doido... To triste, mas to feliz. Feliz por que pela primeira vez nesses 2 anos, tomei uma atitude pensando primeiramente em mim, na minha felicidade, não sendo egoísta, mas me amando, pra poder amar alguém de verdade, não ser dependente de alguém.
    Ai ai... não é fácil... maaas... não é o fim do mundo.
    Queria saber mais dessa sua fase amiga...como foi tudo...
    Beijos amo-te!

    ResponderExcluir
  3. Gaby, minha amiga!
    Seu post está tão rico de espiritualidade, que se fosse uma jóia, certamente seria o raríssimo diamante vermelho.
    Olha...Fazia alguns dias que não acompanhava suas postagens, pois estava resolvendo aqui umas 'paradas' que aconteceram com um adicto que estou ajudando....fiz até um post narrando os fatos.
    Mas quando li hoje seu post, com o diálogo ente vc e seu amor, sinceramente, visse...me emocionei aqui, oh!
    Putz! Que coisa, heim?
    Olha, amiga! É como eu te falei...tudo passa.
    Na real, na real, Gaby, se vc quer mesmo saber, eu tenho aqui comigo vc como a eterna esposa deste brother aí...tu bota fé? Eu num sei não....num conheço vocês, mas pelas suas colocações aqui, fica sempre aquilo nos meus castelos "logo, logo isso vai se resolver e eles vão ser felizes para sempre".
    É isso o que me passa pela cabeça, tá ligada?
    rrsrs
    Olha, amiga.
    Fica firme. Fica tranquila. Percebi que você está mais centrada no seu objetivo. Seu outro post que comentas que fostes sair e tals...srsrs
    Bola pra frente, amiga. O mundo não parou, não.
    As coisas ainda não voltaram ao seu normal, mas hoje o tempo corre a nosso favor.
    A vida de uma codependente é como quem passa por um furação....um tsunami, por exemplo, quando passa, deixa aquele rastro de destruição, num é?
    A gente olha para o que tínhamos....tá tudo destruido...tudo acabado....não temos nem noção do que vamos fazer, né assim?
    Acho que vc nunca passou por um Tsunami daqueles que acontecem lá pelo outro lado do planeta, aqueles científico e tals...mas certamente tens experiência do que é um tsunami humano, como o caso de uma convivência conjugal com um dependente químico.
    Outro dia, eu estava numa Conferência e um palestrante já havia passado pelas duas experiências na vida e disse que passar por um tsunami natural, pela própria natureza, realmente é algo muito impactante, terrível...mas ele disse que ter um filho DQ é bem pior, pois a destruição vem lentamente, é por um período bem mais duradouro, tem as consequências bem mais graves, pois afeta todo o seu sentimento de ser humano e com uma sensação de total impotência e, enquanto que o tsunami natural pode-se reestruturar tudo o que se foi perdido, o tsunami humano, que é o DQ, destrói coisas que não tem mais como recuperar, como, por exemplo, a dignidade de uma familia, que perde seus preceitos...os valores morais...a cidadania...quando não acaba com tudo de forma trágica.
    Ainda bem que temos o discernimento para lidar com estas situações, né? Percebo que estás bem espiritualmente, apesar dos pesares.
    Continuar firme, amiga.
    Amiga...fica na paz.
    TAMUJUNTU.

    ResponderExcluir
  4. Hoje é dia de faxina mental!
    Vamos jogar fora tudo o que nos prende ao passado, ao mundo das coisas tristes: fotos, cartas, peças de roupas, papéis velhos, quadros... vamos jogar tudo fora, mas principalmente esvaziar nosso coração para recomeçarms uma vida nova!
    Recomeçar é dar uma nova chance a si mesma! É renovar as esperanças na vida; é acreditar de novo!
    Se sofremos muito neste período...foi apredizado!
    Se choramos muito...foi limpeza da alma!
    Se sentirmos raiva das pessoas...foi para perdoá-las um dia!
    Se acreditamos que tudo estava perdido...foi quando teve início nossa melhora!
    Foi quando pedimos ajuda, admitimos nossa impotência, fizemos as pazes com DEUS e entregamos nossa vida aos Seus cuidados!
    Chegou a hora de desdobrirmos nossas deformidades emocionais através do 4º Passo. "Limpar a casa", fazer uma "faxina mental".
    Qtos anos vividos, simplesmente por viver?
    Qtos erros cometidos tantas vezes e muitas vezes repetidos?
    Qtas lágrimas sentidas e choradas quase sempre às escondidas para ninguém ver ou saber?
    Qtas dúvidas deixadas no tempo para se resolver depois ou nunca resolver?
    Qtas vezes fingimos alegria, sem o coração estar feliz?
    Qtas noites embriagados, drogados...varamos na solidão?
    Qtas frases foram ditas com palavras desgastadas pelo tempo?
    Qtas vezes vivemos apenas para sobreviver?
    É tempo de recomeçar.
    É tempo de promovermos uma verdadeira faxina em nosso interior.
    Procurar tirar de dentro de nós tudo o que nos causa incônodo: tristeza, mágoa, raiva, ciúme, inveja, é o mínimo que podemos fazer por nós mesmos. Com esta limpeza estaremos dando lugar para ali se alojar a alegria, a paz, a coragem, a vontade e o desejo de sermos felizes, pois sendo felizes, poderemos colaborar para a felicidade daqueles que amamos.
    Espero que estas poucas palavras possam expressar todo o meu carinho e afeto por você, minha amiga!
    Abração e TAMUJUNTU.

    ResponderExcluir
  5. Gente!
    Sim, porque a Gaby se superou e o Adicto também!
    Foi tão bom ler que a força vem de dentro... que sim, que hoje estou na espera mas se amanha não estiver vai ser só por mim!
    Obrigadapor colocarem em palavras o que se passa aqui no meu peito e na minha alma.
    Ana

    ResponderExcluir
  6. Gabyzinha, minha flor. Tenho acompanhado suas experiências nos ultimos dias em silêncio. Mas, queria te dizer que estamos juntas, juntas mesmo! Fiquei triste com a recaída dele, triste com o rompimento de vocês e feliz por você estar se enxergando nesse turbilhão todo.
    Vai passar, minha linda. De um jeito ou de outro, tudo sempre passa...
    Te amo, menininha!
    Beijos no coração!

    ResponderExcluir
  7. Oi Gaby meu nome é Kelly e parece que a sua história é a minha ... Resumindo bem ... Fui noiva do meu adcto por 4 anos ... E como uma facada no coração descobri que ele estava usando crack terminei td com ele por medo sei lá ... Enfim ele foi pra uma clínica de reabilitação por 6 meses e a mãe dele disse que ele só falava de mim lá, tb nunca fui visitá-lo... Qd ele saiu no começo desse ano reatamos e não pude mais reconhece-lo Pq aquele homem doce,lindo, encantador, enfim Não existia mais ele sempre tinha uma tristeza no olhar ... Mas mês passado descobri que que ele esta recaído novamente e terminei novamente pq meus pais não permite que eu fique mais com ele... E to muito triste com td isso ... No dia em que descobri chorei o dia td sem parar nada me fazia tirar essa idéia da cabeça de como que nao percebi nada enquanto estava com ele, mas enfim ... Vi seu blog e até me senti um pouco egocêntrica pq realmente nao tive e não tenho força pra ajuda-lo como vc ajudou o seu, eu estou procurando ajuda psicologica pra passar por essa fase tão difícil ... Pq eu nao tenho ele, não por falta de amor mas pq as drogas me tirou o homem de minha vida ele é a pessoa que sonhava ao meu lado... E hj nenhum homem me encanta ja tentei ficar aberta a pelo menos uma conversa mas não consigo me fechei muito.... Então Gaby estamos no mesmo barco... To sofrendo muito ele me liga pedindo pra que eu o ajude mas não consigo, vejo os dentes dele todo amarelo, emagreceu muito nesse 1 mês ... To depressiva como vou ajudá-lo? Então não ajudo não posso ... to no ponto que não posso vê noticiário da tv sobre drogas...E seu blog me ajudou muito pq vejo que não estou sozinha ... bjos de luz pra vc e força pra vc tb ... Q estou me sustentando aki atraves dos meus estudos e trabalho q me tomam o dia td ... e detalhe faço Psicologia estou no primeiro semestre... Bjinhos

    ResponderExcluir
  8. aaii.. te contei que chorei litros né ?

    Lindo oq vc fez... deixe- o livre .... se for pra ser ,será.

    ore sempre por ele viu!


    Amo vc

    ResponderExcluir
  9. Amigo Adicto,
    Sim, você me fez chorar guri...lindas suas palavras, te amo amigo, você é um ser iluminado demais...
    Obrigada pelos desejos de felizes para sempre haha amei, e você como bom percebedor da realidade, sabe que é isso que meu coração deseja, lá no fundinho...
    Só posso te dizer, obrigada, por ser presença em minha vida...és muito importante, beijos.
    __________________
    Ana,
    Não me superei totalmente ainda, mas to no caminho...:)
    Obrigada. Beijos.
    __________________
    Poly,
    Eu também fiquei triste amiga, mas aprendi a ver tudo com outro angulo, oração da serenidade não? tem coisas que não posso mudar, não com minhas mãos.... Beijos.
    __________________
    Kelly,
    Compartilho da sua dor, sei bem o que é ter essa faca cravada no peito.
    Não pensa que não sinto dor, sinto sim e muita por sinal. Mas amiga, vai passar, e se vai passar um dia, que passe já, pra que perder tempo?
    Um beijo ;* tamojunto.
    __________________
    Adri,
    Como eu disse foi a coisa mais dolorida que já fiz na vida... oro por ele sempre, todos os dias.
    Te amo tbm.
    Beijoos

    ResponderExcluir