Páginas

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Voltei !


Oi, pessoas! Saudades de vocês! =)

Nesses dias em que estive afastada do blog, tive tempo para refletir e fazer grandes progressos espirituais/pessoais (rs)...tá, não tão grandes assim, mas progressos são sempre bem-vindos, néam?
Como sinceridade é meu nome do meio, tive algumas recaídas também... comportamentais, emocionais, todas relacionadas ao "amor".

E aconteceram tantas coisas...

Bom, como vocês sabem terminei com o "amor" mas continuávamos "ficando" , não conseguia me afastar dele e nãnãnã... Nesse meio tempo ele foi visitar alguns médicos, tomou alguns medicamentos, ficou 1 mês limpo... e recaiu novamente, em um sábado. Na segunda- feira ele me liga com o mesmo chororo de sempre, promessas, pedidos de desculpas, enfim..as coisas que vocês já sabem. Eu me mantenho firme e termino de vez, falo pra ele seguir a vida dele, que eu vou seguir a minha, ele concorda, se despede e fim? Sim, eu achava que seria o fim.

Na terça - feira a mãe do "amor" me liga na hora do almoço, dizendo que ele disse pra ela que estava indo na minha casa, pois não queria me perder, queria conversar. Eu pedi para ela dizer pra ele que eu não estava em casa e que depois ligaria pra ele. Não liguei.

Na quarta - feira,  mais ou menos 18:30 eu saí para caminhar, no meio do trajeto o "amor" me liga, pergunta onde estou, eu digo, ele vai até lá.

Detalhe... ele chega de carro novo. Me abraça, chora, disse que teve essa recaída, porque ele queria trocar de carro, e ele tem uns rolos de dinheiro com o pai dele, e o pai dele não queria dar a parte dele, alegando que ele já tinha gasto muito dinheiro com drogas e que por isso não tinha mais parte no negócio. Como forma de pressão ele foi inconsequente e fez isso... ¬¬ 

Pediu desculpas, chorou, pediu chance, disse que DESSA VEZ vai ser diferente e nãnãnã... ai gente sinceramente coisa que não me comove mais, já ouvi tantos "dessa vez é diferente".

Disse que fez isso porque queria me dar mais conforto (posso com isso? sempre jogando a culpa em mim ainda).

Aí começou a falar: "Gabi, vamos fazer diferente dessa vez, vamos rezar mais, fazer mais Daimoku, ir mais nas atividade, vamos fazer isso, vamos fazer aquilo..."

Eu falei: "Pera aí, pode parar, vamos porque?  por que fica me incluindo como se faltasse esforço da minha parte? Você que tem que fazer, meu filho, me tira fora dessa."

Aí vem os apelos emocionais: "Sem você eu não vivo, se você não voltar pra mim eu vou agora pro inferno, minha vida sem você não tem sentido, se não fosse você eu já estaria morto, você me mantém na linha, não me deixa, não me deixa, não me deixa..."

Me mantive firme na decisão de não voltar, maaaaas fomos dar uma volta e acabamos ficando. E nessa ficada, minha recaída emocional.

O "amor" é minha droga, sou uma dependente dele, posso ficar meses sem usar, quando eu uso, volta tudo como se eu nunca tivesse parado e quanto mais eu uso, mais eu quero. 

Aí foi a sequencia né...Quinta e Sexta ele me ligando, e sábado ele me pede pra ir lá, me pede pra dormir lá, e eu cedendo. Ontem (Domingo), passeamos, fomos no parque, sentamos em baixo das árvores, conversamos, depois ele me deixou em casa e foi fazer Daimoku com um pessoal.

Ou seja , to nessa ainda. Sem conseguir me afastar. Não rói e não larga o osso sabe, to assim. 

Em contrapartida (podem me criticar, me julgar, falar mal, não ligo ;) o Caio ainda está me suportando (rs) está um fofo-lindo-querido como sempre, também não consigo tomar uma decisão em relação á ele. 

Bom, é isso gente, quis contar as novis rapidinho, porque hoje voltei das férias, então ainda estou colocando as coisas em ordem aqui no trabalho. Então sem muitas inspirações hoje (rs) apenas fatos, e um monte de nada né?

Senti falta desse mundinho aqui... e não esqueçam, não importa como, não importam as circunstâncias, sejam felizes... só por hoje!!!!


6 comentários:

  1. Sei-lá mais acho que as vezes abandonar o barco, é mais difícil do que permanecer nele!
    Dá pra te entender, e no fim sempre tem a esperança que dessa vez pode ser sim diferente! Por mais que já tenha tido milhares de promessas...
    Vai levando do jeito que tá Gabi, e com fé quem sabe ele pode sim melhorar?
    As coisas vão se encaminhar pode ter certeza disso!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. saudades gaby!!
    bjs lalá

    ResponderExcluir
  3. Gaby amor! Tava com muitas saudades de tú! rsrsrs...
    Eu não sei nem o que te dizer, pois já passei por isso também, recaída, promessas... sei o quanto é dificil.
    Só você sabe o que esta passando com toda essa situação, então só você sabe o que fazer.
    É muito complicado, vocês se amam, ele parece que gosta muito de você (pelo o que você posta no blog) mas o vicio infelizmente esta sendo mais forte. Hááá se não fosse esse vicio...
    Acho que só o tempo mesmo.
    Quando lí esta postagem lembrei de mim antes... eu e o meu amor ficavamos assim.... ele recaia, prometia mas eu não conseguia dizer NÃO. É muito dificil deixar, eu sei como é isso viu.
    Qualquer decisão que você tomar estou aqui para apoiar ou ajudar (se precisar). Mas não esqueça de pensar 1º em você, em sua vida! Você deve estar em 1º lugar!
    Força amiga!
    Tamujunta tá? Estou por aqui, qualquer coisa se precisar!
    Bjus

    ResponderExcluir
  4. Ai, Gaby (posso te chamar assim, né?) parece eu... faz 5 meses que terminei meu relacionamento, mas não to aguentando ficar longe dele... minha codependencia ta mais forte que nunca. Minha vida sem ele não faz sentido... parece que morri e esqueceram de enterrar. Nada faz sentido!
    Sei exatamente como se sente... o amor por ele é minha droga e estou a um passo de voltar.

    Obrigada por estar seguindo meu blog!
    Fica bem e se cuida, tá?
    Conta comigo pro que precisar!
    Juntas somos mais fortes!!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Gaby,
    Ja estava com saudade!!
    Amiga, força... entendo bem o "ele é minha droga", é bem o que sinto, acho que todas sentimos.
    Um 2012 repleto de serenidade, amor e muita força!
    Beijo Ana

    ResponderExcluir
  6. Maria,
    Eu não tenho o que fazer sabe, vou levando mesmo. Confio muito na vida, e deixo tudo nas mãos dela, de Deus enfim, só uma coisa, não me permito sofrer, ser feliz sempre ;) Obrigada por passar aqui.
    ________________
    Lala,
    Saudade neguinha, b-zo ;*
    ________________
    P.
    Amooorinha minha, que saudades de você...bom saber que você está aí, tamo junto sim, sempre, beijos!
    ________________
    Bruxinha querida,
    Pode chamar de Gaby sim, claro né...eu já to te chamando de bruxinha (rs)
    Deixei comentário no se blog, fica firme e forte, seja feliz meu anjo, só isso, por favor, pense em você e seja feliz! Beijos
    ________________
    Ana,
    Tudo de bom pra gente, será um ano incrível pode apostar!

    Beijooss

    ResponderExcluir