Páginas

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

E se o amor...


E se o Amor fosse uma mercadoria que estivesse à venda? Se pudéssemos adquirí-lo através de um negócio, de uma compra, como outra qualquer?

Em um dos meus (muitos) devaneios, fiquei imaginando como seria o diálogo entre um consumidor insatisfeito e um funcionário do SAC :

- Bom dia, meu nome é Ana, falo com quem?

- Osvaldo, mas o dia não está bom, não...

- Em que posso ajudá-lo, Sr. Osvaldo?

- Comprei um produto de vocês, o Amor, e não está funcionando.

- O senhor tem em mãos a NF e o recibo de pagamento?

- Puxa, que saco, hein? Vou buscar.

...

- Estão aqui.

- Poderia me passar os números, por favor, senhor?

- Tal, tal e tal.

- Um minuto, por favor...só mais um momento. Obrigada por aguardar, me diga qual o defeito que o produto apresenta.

- Simplesmente não funciona, minha filha! Comprei, segui as orientações do manual, ofereci à pessoa para a qual imaginei oferecer e ela não aceitou.

- Sinto muito, senhor, mas o produto não tem garantia de aceitação.

- Como assim? Você tá de sacanagem comigo, não tá?

- Não, senhor. A mercadoria é para uso pessoal.

- Mas isso não faz sentido, moça! Você acha que comprei esse negócio pra mim?

- Sim, senhor. O objetivo do Amor é fazer bem para quem o sente, é proporcionar alegria para quem o utiliza. Não podemos nos responsabilizar que o efeito se dê nas demais pessoas, para quem o senhor o estende.

- Deixa ver se entendi : eu devo ficar feliz pelo simples fato de sentir Amor por alguém, mesmo que esse alguém não sinta por mim?

- E o senhor não fica?

- É claro que não! Que ideia sem pé nem cabeça! Desde quando não ser correspondido pode fazer alguém feliz?

- Senhor, Amor é convite, não é intimação. É doação, não é troca. É liberdade, não é prisão.

- Quero devolver essa encrenca, entendeu? Não vou ficar com mais uma tranqueira em casa, que não serve pra nada!

- Tudo bem, me passe os dados da sua conta bancária, que faremos o reembolso.

- Tá, e como eu faço pra devolver o produto?

- Devolva na loja em que o adquiriu, assim que confirmar o depósito em sua conta. Anote o número do protocolo, por favor.

Cinco dias depois, o Osvaldo foi à loja. No balcão, viu uma mulher fazendo a mesma reclamação que ele fez por telefone. Puxou assunto :

- Você também ficou insatisfeita?

- Lógico, não funciona, essa porcaria!

O papo engrenou. Tomaram um café e trocaram telefones. Ligaram. Saíram juntos, no domingo, com seus cachorros, para passear no parque. Na semana seguinte, jantaram no restarurante preferido dele, depois de uma sessão de cinema, do filme que ela escolheu.

Ficaram amigos, riem juntos. Ele acha incrível o jeito como aquela covinha que ela tem na bochecha se forma, quando sorri, e toma muito cuidado para que ela não perceba que, às vezes, não consegue prestar atenção no assunto, só na beleza dela. Mas ele não diz nada disso, teme que ela sinta-se pressionada a falar alguma coisa legal, também, apenas para retribuir, e não quer correr esse risco.

Ela adora o cheiro dele. Não o perfume que ele usa, que também é delicioso, mas o cheiro da pele dele, o cheiro natural. E o que dizer da voz? Ela contou à melhor amiga que a voz do Osvaldo é o som mais sensual que já ouviu. A amiga perguntou :

- Você já disse isso a ele?

- Ainda não...por enquanto me contento apenas em saber e sentir.

Passou mais de um mês desde que o Osvaldo ligou para o SAC.

Hoje, depois de ter escutado de vários atendentes diferentes, que eles não podem transferir a ligação para a Ana, e de continuar tentando quase a tarde inteira, aconteceu :

- Boa tarde, meu nome é Ana, falo com quem?

- Não deve ter só uma Ana aí, mas eu reconheço a sua voz. Sou o Osvaldo, lembra de mim?

- Desculpe, senhor, mas infelizmente...

- Não tem problema, Ana, eu lembro de você, e só queria dizer uma coisa.

- Pois não, senhor.

- "Amor é doação, não é troca". Agora entendi o recado. Muito obrigado.

7 comentários:

  1. olha amiga!!! bjs lalá


    VOCÊ pode NÃO ser o 1º homem DELA, o ÚLTIMO homem DELA ou o ÚNICO homem DELA.
    Ela AMOU antes, pode SER que ela AME de novo. Mas se ELA "TE" AMA agora, o que mais importa?
    Ela NÃO é perfeita -VOCÊ também NÃO é, e vocês 2 podem nunca ser PERFEITOS juntos, mas se ELA TE faz rir,TE faz PENSAR 2 vezes, e admite ser HUMANA e cometer erros, SEGURE-SE a ...e...la e dê a ela o MÁXIMO que VOCÊ puder...
    ELA pode NÃO estar PENSANDO em VOCÊ a cada segundo do DIA, mas ELA te dará uma PARTE dela que ELA sabe que VOCÊ pode quebrar - o CORAÇÃO DELA!
    Então, não machuque ELA, não a mude ela, não analise e não ESPERE mais do que ela pode DAR.
    SORRIA quando ELA te fizer FELIZ, diga a ela quando ela te deixar com raiva, e SINTA a falta DELA quando ELA não estiver por PERTO”-Bob Marley

    ResponderExcluir
  2. Lala,
    Posso mudar o Dela, Ela, por Dele, Ele...
    Aii será que meu coração aguenta?
    Tamu junto amiga, sei que tu compartilha!

    ResponderExcluir
  3. As coisas sempre melhoram quando melhoram....

    Fui ter uma conversa importante hj, na volta pensei o seguinte:

    *Barriga tanquinho = 300 abdominais dia
    *Emagrecer = 1500cal dia
    *Ter serenidade = Exercitar a calma e o SPH diariamente
    *Ter Brilho no olhar= Reaprender a se amar um dia de cada vez
    *Não perder as coisas = trabalhar a organização todos os dias.
    Tem coisas que só o trabalho árduo faz pra vc...
    Para todas as outras... "nam myoho rengue kyo"

    Seu cartão de sorte para todas as oras...
    ahuhauhauhuahuhauhuah

    ResponderExcluir
  4. Ci,
    Também com as orientações do Sr Miagui do lado fica mais fácil né... rsrsrsrs
    Tá tudo entrando nos eixos, não na minha vida, mas na minha caixola, e isso já é tudo né...te amo!
    _________________
    P
    Beijoooo amiga

    ResponderExcluir
  5. Gaby amada, prefeito essa postagem, acho que deu uma balançada aqui do lado de cá...
    Anjo de luz, siga seu coração, você saberá o que é melhor pra você no momento, você tem uma sensibilidade aguçada, isso lhe auxiliará na sua nova jornada...
    Bjokas

    ResponderExcluir
  6. Giu,
    Saudade de voce, tais sumida!
    Bom te ver, obrigada pelas palavras, tamo junto!
    beijos

    ResponderExcluir