Páginas

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

O mundo muda, quando você muda!


Bom dia amores! Obrigada por todo apoio e carinho! Isso me faz tão bem. Obrigado.
Ainda não me acostumei com essa troca de horário, os dias parecem estar pesados e demorados, será o tempo ou será minha alma que percebe tudo tão lentamente? (É o tempo mesmo, a moça que limpa a minha sala acabou de reclamar que o tempo não passa, fico mais aliviada).

Estou em uma fase de recolhimento e estou bem com isso, fase de gostar da minha companhia e de não querer outra por enquanto. Não imaginava que eu conseguiria isso, não imaginava que eu gostava tanto de mim assim. Não imaginava muitas coisas. Não imagina que conviveria por tanto tempo com um adicto, que conheceria essa realidade. Não imaginava que conseguiria deixar tudo para trás.

Tenho saudade ainda quase que freqüentemente.


As coisas que eu mais sinto falta com a distância, são mãos. Sua mão na minha, o jeito que você segura uma caneta entre seus dedos, suas mãos agarradas firmemente ao redor da minha cintura, seus dedos traçando os meus lábios. Eu sinto falta do jeito que sua mão inclinava meu queixo para cima pra te beijar ou o jeito que suas mãos faziam ondas violentas quando você me contava uma história. Eu sinto falta da ascensão e fluxo, dos gestos largos e toques gentis. Eu sinto falta do jeito que nós não tínhamos que dizer nada, mas simplesmente entrelaçar os nossos dedos juntos no escuro.


Mas já começo a compreender melhor tudo o que está acontecendo e tirar as lições de que preciso.

Só por hoje quero pensar em mim, pensar nos sonhos que deixei para trás. Só por hoje, quero a felicidade a mim destinada, e acreditar que eu a mereço. Só por hoje, descobri que a vida é tão curta, e que passar a maior parte dela sofrendo, por achar que eu posso tirar o sofrimento de alguém, não é o que eu preciso, quando esse alguém ainda não está preparado. Só por hoje quero amar sem medo e quero ser amada. Quero ser amada através das atitudes positivas enviadas a mim, pelas pessoas a quem estimo.Só por hoje quero segurar nas minhas mãos a minha vida. Quero ser responsável, pela minha felicidade.

Ontem estava fazendo minha orações, e senti algo muito forte. Meu coração sabe que vai ficar tudo bem no final, mas bem mesmo, bem de verdade. Não um bem ilusão.
O mundo muda, quando você muda.
É realmente difícil mudar o estado atual quando olhamos para todos os lados e o que vemos é sofrimento, doença, dor e limitação.
É necessário persistir na mudança de foco dos nossos pensamentos e emoções, mesmo que as evidências do agora demonstrem o contrário. Precisamos compreender que todos dispomos sempre de um imenso poder pessoal, mas este pode ser utilizado tanto para o bem quanto para o mal, nosso e dos outros. E que nenhuma mudança externa consistente se concretizará antes de executar uma faxina radical na nossa própria essência, eliminando cada hábito nocivo, cada desejo vil e cada crença limitadora.

É essencial que promovamos rapidamente uma mudança interna, reproduzindo novas circunstâncias, transformando-nos em co-autores de um novo destino, pleno, próspero e feliz.
Cultivar bons pensamentos e manter sintonizado às correntes vibratórias carregadas de energia positiva é a maneira propícia de se livrar das amarras do agora.
Tais atitudes, mantidas na mente dia após dia promoverá o ingresso para um novo mundo, repleto de realizações.

Isso pode parecer difícil, até mesmo quase impossível diante da sua situação atual. Mas, ao dar o primeiro passo rumo a uma mentalidade sadia, você notará de imediato pequenas melhoras. Ao persistir, uma nova concepção de mundo irá se instalando de forma definitivamente irreversível.
O tempo, tendo como aliados sua persistência e determinação no bem, fará com que você se transforme em um novo ser.
Mude, e o mundo à sua volta paulatinamente se transformará para você, por você e com você...

Um comentário:

  1. Oi, amiga!
    Estou feliz por vê-la superando as dificuldades.
    Estou feliz por saber que estás conseguindo manter o equilíbrio emocional, muito embora não o tenha sob controle o tempo todo.
    É isso aí...As mudanças exteriores acontecem de acordo com nossas mudanças interiores, de acordo com nosso modo de agir e pensar.
    Hoje sabemos que nós somos responsáveis pela nossa recuperação. Se amando em primeiro plano, conseguirás desprender-se da codependência e terás uma nova maneira de viver, no mundo do espírito e da fé.
    Bons momentos pra ti, minha amiga!
    Abração e TAMUJUNTU.

    ResponderExcluir